quinta-feira, 7 de julho de 2011

Batata: a vilã da dieta

batata

A todo momento, a ciência descobre os benefícios ou malefícios de algum alimento. Dessa vez, foi a batata quem recebeu o título de mais nova vilã da dieta. Uma pesquisa feita na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que o consumo regular do tubérculo resulta num ganho de até 450 gramas de gordura, no final de dois anos. E não tem muito para onde fugir: seja frita, cozida ou assada, a batata tem efeito sobre a insulina presente no nosso corpo, que gera esse acúmulo de peso a longo prazo.
Por outro lado, a mesma pesquisa mostrou alguns alimentos que ajudam a perder peso, como nozes e iogurte. O derivado do leite evita o ganho de 450 gramas de gordura em quatro anos, se balanceado com dieta e exercícios físicos. O mesmo vale para as nozes, que ajudam a ficar livre de pelo menos 200 gramas a mais de peso. Cada porção extra de fruta na dieta do dia a dia evita um ganho de 100 a 200 gramas de gordura.
A pesquisa usou dados de 120 mil pacientes com 30, 40 e 50 anos, coletados por mais de 20 anos, para mostrar como a combinação de alimentação, ingestão de bebidas, exercícios e outros hábitos afeta no ganho ou perda de peso. Os pesquisadores afirmam ainda que, embora crucial, a contagem das calorias dos alimentos não é o único fator determinante, mas também a composição química deles e a forma como são processados pelo organismo.
Fonte: Revista Crescer

Nenhum comentário:

Postar um comentário